Fundação para o Software Livre ataca Microsoft e o Windows 7

A Free Software Foundation (FSF, Fundação para o Software Livre) está com a língua afiada novamente, e desta vez o alvo é o Windows 7. A organização lançou na semana que passou, uma campanha batizada de Windows 7 Sins ou Os sete pecados do Windows Seven, onde são destacados os sete pontos contra os usuários que utilizam o Windows 7 e os softwares proprietários em geral.

Com essa campanha, se pretende não apenas convencer os usuários a não se tornarem “vilões” utilizando o Windows 7 e softwares proprietários, mas também convencer a grandes empresas da mesma idéia, e para tanto, enviaram uma carta que resume os "sete pecados" do Windows 7 para empresas da lista Fortune 500.

Acompanhe abaixo a lista dos sete pecados do Windows 7 pela Fundação para o Software Livre:

Envenenamento da educação: a maioria das crianças utiliza computadores com o Microsoft Windows por pressões exercidas sobre o governo, o que é prejudicial aos alunos, sabendo que eles estão conhecendo apenas uma opção.

Invasão de privacidade: com programas como o Windows Genuine Advantage a Microsoft pode inspecionar o conteúdo dos discos rígidos dos usuários.

Monopolistas: Aproveitando "o seu peso" no mercado a Microsoft coloca pressão sobre os fabricantes de hardware e praticamente todos os computadores no mercado vêm com Windows pré-instalado.

Lock-in: a política de atualizações da Microsoft exige que os usuários atualizem seus sistemas quer queiram quer não, uma vez que deixam de obter suporte para as versões mais antigas do software e as novas versões possuem características com as quais o equipamento antigo também se tornar inutilizável.

Abuso de normas: a Microsoft tentou travar a padronização de formatos livres como o Open Document Format.

DRM: a imposição de DRM restringe a cópia ou reprodução de arquivos multimídia.

Ameaças à segurança dos utilizadores: o Windows tem um longo histórico de vulnerabilidades de segurança que comprometem a segurança.

Nem todos os pontos são aceitos por todos, de qualquer forma, não se pode negar que a existência da Fundação para o Software Livre é boa tendo em vista a necessidade dos "órgãos" críticos, para monitorar os passos das grandes empresas.

Fonte: Forum PCs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: