[GTC 2009] Arquitetura Fermi – GT300 – apresentada!

A GPU Technology Conference, evento de tecnologia da NVIDIA teve o seu início há poucas horas, com a abertura em grande estilo realizada por seu CEO, Jen-Hsun Huang.

O salão Regency Ballroom do hotel Fairmont em San Jose, Califórnia, estava totalmente tomado por um seleto grupo de mais de mil convidados.


CEO da NVIDIA na abertura da GPU Technology Conference

Jen-Hsun Huang conduziu o público por um verdadeiro “túnel do tempo”, ressaltando em rápidas pinceladas a evolução da NVIDIA ao logo de sua fundação, começando pela saudosa Riva 128 em 1996. “Esses 16 anos passaram voando para mim”, disse o executivo.

O executivo falou da importância da macro-arquitetura CUDA (Compute Unified Device Architecture – tecnologia responsável pelo processamento paralelo nas GPUs GeForces), disseminada em mais de 200 universidades em todo o mundo, com mais de 90 mil desenvolvedores ativos.


Jen-Hsun mostrando a nova placa que logo após foi guardada e não tem data de lançamento ainda

Segundo o CEO da NVIDIA, o uso do paralelismo advindo do CUDA possibilitou que o conceituado hospital Johns Hopkins acelerasse a realização no processamento de vários exames e estudos, alguns dos quais teve seu tempo reduzido de 24 horas para apenas 6 horas, além de aumentar a precisão e fidelidade de tais simulações.

Contudo, o que todos queriam realmente ver, ou pelo menos ouvir, era sobre a mais nova macro-arquitetura de GPUs CUDA, codinome Fermi (que servirá de base para a GT300 – que possivelmente será chamada de GeForce 380).

Basicamente Huang confirmou a informação divulgada no início do dia, de que a Fermi possui 3 bilhões de transistores, 512 CUDA cores/”núcleos”, controladora de memória de 384 bits (distribuídos em 6 blocos de 64 bits) suportando até 6GB de memória GDDR5 compatível com a tecnologia ECC, suporte nativo à linguagem de programação C++.


Slide que apresentou a nova arquitetura e qur foi motivo pelo disparo de vários flashes

O mais impressionante é que a NVIDIA conseguiu manter o consumo de energia equivalente às placas top da atual geração, ou seja, aumentou muito o desempenho e manteve o consumo nos patamares atuais.

Jen-Hsun destacou ainda que o verdadeiro desempenho de uma placa não está apenas no número de transistores e no seu poder bruto, já que para ele o que importa é ter uma ótima relação entre desempenho e consumo, deixando clara a preocupação ambiental da empresa e as barreiras que possivelmente o mercado encontrará no futuro caso seja mantido o nível de evolução atual.


Die core da nova arquitetura Fermi, segundo Jen-Hsun, altamente escalonável

O chefão da NVIDIA fez questão de frisar durante vários pontos de sua apresentação que o GT300  é o mais significativo passo na arquitetura de GPUs desde o lançamento da G80 original.

Para Jen-Hsun Huang, a Fermi possui uma alma de supercomputador em um corpo de GPU. E, ao que parece, Huang não exagerou no que disse. Jeffrey A. Nichols, diretor do núcleo de Informática e da Ciências da Computação do Laboratório Nacional de Oak disse que o uso de um supercomputador equipado com GPUs Fermi irá acelerar em até 10 vezes o processamento dos modelos climáticos para a previsão do tempo e clima.

Por fim, o CEO da NVIDIA pediu para o público colocar os óculos 3D, pois o melhor do show estava por vir. Os presentes puderam desfrutar em primeira mão do processamento gráfico da Fermi renderizando várias animações em 3 dimensões em dois telões gigantescos, tudo de forma suave.

Mais informações já estão disponíveis na internet através do endereço: http://www.nvidia.com/fermi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: