Microsoft vende Windows 7 na madrugada

Com festas programadas em lojas de varejo nas principais capitais do país, a Microsoft iniciou as vendas do Windows 7 na madrugada do dia 21 para 22.

Na Fnac da Alameda Santos, na cidade de São Paulo, executivos da Microsoft e parceiros fabricantes de hardware dividiram espaço com cerca de mil convidados que, em sua maioria, foram à rede varejista mais interessados em badalar que comprar o Windows 7.

Os amigos Johnny Mattos e Christian Ixcoamal foram à loja conferir lançamentos de hardware e ouvir a música de Paula Lima, cantora que se apresentou na festa da Microsoft. “Vim do México passear em São Paulo e aproveitei para ver um show de música brasileira grátis”, disse Christian.

Já Mattos disse estar “interessado” no Windows 7, mas pretende esperar o lançamento de “mais opções de PC” com o novo Windows para fazer sua compra. “Tenho em casa uma máquina com Vista e, no momento, não vejo necessidade de trocá-la. Eu compraria o Windows 7 se ele vier embarcado em algum laptop com tela sensível ao toque”, diz Mattos.Microsoft vende Windows 7 na madrugada

Uma pequena fila de consumidores que já haviam comprado o Windows 7 por meio de pré-vendas no site da Fnac teve que aguardar até meia-noite para retirar suas caixas com o novo sistema operacional.

O bancário Alexandre Lima, um dos consumidores que adquiriram o Seven antecipadamente, voltou para casa sem o sistema operacional. “Pensei que eu poderia retirar minha cópia mais cedo. Não vou esperar até meia noite, pois amanhã acordo cedo”, disse.

Além de consumidores e fabricantes de hardware, executivos da Microsoft circularam pela Fnac. O presidente da empresa no Brasil, Michel Levy, passou brevemente pela loja. Levy dividiu-se entre outros dois endereços que a companhia usou para promover o Windows 7 na noite do dia 21.

Entre os fabricantes de hardware, o clima era de otimismo com a estreia do novo Windows. Germano Couy, diretor da Megaware, disse esperar um boom de vendas de hardware superior ao anotado quando a Microsoft liberou o Vista, em janeiro de 2007.

“Ao longo dos últimos meses houve muito debate em torno da redução de IPI para carros e eletrodomésticos, de modo que a atenção dos consumidores esteve voltada para outros tipos de produtos. Com a repercussão da estreia do Windows 7, esperamos que o desejo de comprar novos computadores apareça com força nos consumidores”, disse Couy.

Já o gerente de vendas da LG, Fernando Pereira, disse que os reviews positivos em torno do Seven devem impulsionar as vendas. “Ao contrário do Vista, que estreou sob críticas e muitos comentários negativos, o Windows 7 tem recebido muitos elogios de especialistas. Quando o consumidor lê que o Seven se sai bem em netbooks, notes ou no uso corporativo fica motivado para comprar”, afirma Pereira.

Segundo o executivo, a LG inicia nesta quinta (22) a distribuição de máquinas com Windows 7 para varejistas em todo o Brasil. Um dos destaques da empresa é um notebook com drive Blu-ray, 4GB de RAM, placa de vídeo com 1GB de memória, Seven Home Premium e monitor com LED. O equipamento chegará às lojas com preço sugerido de R$ 3,9 mil.

Fonte: Info Abril

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: