Linux para desktops completa 10 anos; veja a linha do tempo

Em 1999, a plataforma aberta se popularizou com o lançamento do Corel Linux OS, mas até hoje ocupa um pequeno espaço do setor.

A plataforma de código aberto Linux foi criada em 1991, mas passou a ser considerada como sistema operacional para desktops em meados de 1999, quando a Corel Corp. lançou o Corel Linux OS, dez anos atrás, quando a empresa produzia apenas software para a plataforma Windows.

Mas seu fundador, Michael Cowpland, queria ir além. A Corel já tinha obtido sucesso em 1998 com seu aplicativo para pequenos servidores para NetWinder e o editor de texto WordPerfect, ambos com tecnologia Linux.

Distribuição
O Corel Linux foi desenvolvido a partir do núcleo Debian 2.2.1.2 do sistema, e usou o ambiente de desktop KDE 1.1.2. Além do WordPerfect e dos aplicativos comuns do Linux (como o Emacs para edição de texto e programação), o sistema também contava com versões alfa do editor de planilhas Quattro Pro e os programas gráficos CorelDraw.

* Conheça três distribuições do Linux perfeitas para netbooks
* Razões que fazem o Ubuntu melhor do que o Windows 7
* Baixe agora o Ubuntu 9.10
* Motivos que fazem as pessoas abandonarem o Linux
* Linux transforma um PC velhinho no servidor da sua empresa
* Sem medo do pinguim: um guia para novatos em Linux

Outras empresas também estavam lançando o sistema de código aberto, como a RedHat, a Caldera e o OpenLinux 2.3, mas a Corel foi a primeira a entrar no mercado em massa.

Apesar do sucesso, a Corel acabou fechando uma parceria com a Microsoft e abandonando os projetos com Linux, mas o Corel Linux OS ainda está ativo até hoje. A plataforma foi vendida em 2001 e tornou-se base para as distribuições Xandro e Presto.

Linha do tempo do Linux

  • > Março de 1992: O núcleo do Linux 0.95 é lançado – primeira versão com o recurso X Window, estrutura gráfica integrada em quase todos os desktops Linux
  • > Agosto de 1993: Nasce o Debian, criado por Ian Murdock. Essa comunidade se tornaria a fundação de várias das distribuições futuras do Linux, como o Ubuntu.
  • > Outubro de 1996: Mathias Ettrich cria a interface KDE, que mais tarde seria a mais utilizada em variações do sistema.
  • > Agosto de 1997: GNOME, a primeira interface popular do Linux, é começada por Miguel de Icaza.
  • > Novembro de 1999: Corel lança o primeiro desktop Linux, voltado ao mercado em massa.
  • > Maio de 2002: É lançado o OpenOffice 1.0, principal pacote de escritório do sistema.
  • > Outubro de 2004: A primeira versão do popular Ubuntu é lançada.
  • > Dezembro de 2005: O Projeto Portland reúne arquitetos do Linux para criar interfaces de programação para vários desktops.
  • > Maio de 2007: A Dell começa a pré-instalar o Ubuntu em desktops e laptops.
  • > Novembro de 2007: O primeiro computador ultraportátil, o Eee, da Asus, é lançado com Linux.

A falta de marketing e de propaganda, além do ambiente de código aberto, que é geralmente complicado para novatos, contribuíram para que o sistema não crescesse. Talvez seja essas as razões principais para que a plataforma, representada por ótimas distribuições como Ubuntu, Fedora, openSUSE e SLED, ocupem pouco espaço no mercado.

Fonte PCWorld

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: